Projeto C.O.V.A.

Enterre-se nesta Cova se tiver coragem e ossos!!!

Aos Artistas Que Sobrevivem Nas Sombras Mais Inspiradoras E Aos Amantes Destas Sombras Na Forma De Arte, Poesia, Literatura E Música


Hajime Sorayama

Compartilhe

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Hajime Sorayama

Mensagem  Inominável Ser em Sex Jun 08, 2012 6:43 pm



Inomináveis Saudações a todos.

Das muitas leituras que fiz de críticas em português da obra de Hajime Sorayama, todas elas giram em torno, de uma forma ou de outra, desta gíria tipicamente tupiniquim contendo uma idéia medíocre como medíocre é tanto o pensamento acadêmico quanto o popular no Brasil (e no mundo, claro, óbvio, ou vós achais que a Humanidade está em seu auge intelectivo quando ainda uma parcela da mesma defende a pena de morte e considera apenas um Princípio como O Gerador De Todas As Formas?) atualmente: “ele é pancadão das idéias”. Aos amigos portugueses inscritos no fórum, digo que aqui, ser “pancadão das idéias” significa ser alguém desprovido de qualquer noção de realidade, seja esta grande ou pequena, uma criatura mentalmente perturbada ou quase perturbada, que ninguém leva a sério ou considera. Dizem isso dos artistas marginais, dos que estão fora do mainstream que forma todo o lixo cultural promovido pela sociedade contemporânea como “a oitava maravilha do mundo”. Alguns outros apenas se dedicam a enaltecer as formas físicas das mulheres retratadas, reduzindo todo o trabalho estético de Sorayama ao mesmo nível de um filme ou revista pornográfica de última categoria, feito em um barraco de madeira ou no meio do lixo. Outros condenam, acham a Arte dele incessantemente bizarra, apelativa, grotesca, machista, termos reducionistas de mentes reduzidas ao eterno visualizar do preto-e-branco, mentes que negam a valorosa contribuição das diversas outras cores do prisma existencial como concordantes para com a evolução da Humanidade. Com tristeza eu li muitas resenhas de tal tipo, desprovidas da chegada ao que está intrinsecamente absorvente de nossa essência na obra de Sorayama. Sem querer ser arrogante ou pretensioso, afirmo ser justo moldar uma visão própria nossa, como fazemos com toda a Arte que no Projeto C.O.V.A. está a ser divulgada e será divulgada.

Porém, por motivos referentes ao servidor do fórum, ficarão de fora as ilustrações mais eroticamente carregadas de motivos a mais do que amparar-se na pornográfica senda para ser admirada. Mesmo, como nos tópicos do Luis Royo e do Lorenzo Sperlonga, não podendo efetuar aqui um apanhado geral de sua obra, sentimos a fragrância de um Erotismo aprimorado por uma livre e elevada visão do Corpo, do Sexo, das Mulher e do que mais de natural há na liberdade divina de reinar em si mesmo como o produtor de seus próprios objetivos e sonhos. Isso mesmo, nas ilustrações dele vemos libertas criaturas que não temem ser assim e nem interrompem a sua eterna jovialidade, a sua eterna integridade, a sua eterna autenticidade. Os orientais, sexualmente considerados, sempre foram mais abertos e dinamicamente sabedores das verdadeiras metas sexuais, explorando as sensações, empregando toda a imaginação na Arte Erótica que produzem, do milenar clássico Kama Sutra aos contemporâneos hentais produzidos no Japão. Sorayama e sua produção ilustrativa fazem parte dessa corrente oriental de compreensivos artistas e intelectuais interessados não apenas no empenho sexual dos apreciadores de sua artística criatividade, e, sim, na apreciação intelectiva das sensações próprias da sexualidade ilustrada em formas fetichistas e produtos de sonhos os mais intensificadores das exigências carnais. Por isso, aqui no Brasil (apesar de sermos considerados “calientes” e “especialistas em sexo”) e no Ocidente em geral, na parcela dos seres acostumados apenas com o que as imagens diretamente tem a dizer, a Arte de Sorayama, como a Arte Erótica Oriental inteira, vem a ser promulgada como “excêntrica”, insinuando que se distancia muito da realidade ocidental; distancia-se, sim, já que o Ocidente sofreu o crime de negar O Corpo e as corporais sensações por causa de moralismos, seitas religiosas, religiões condenatórias do Corpo e o próprio pensamento social condenando e relegando a Arte Erótica, incluindo a que produzida igualmente vem a ser no Ocidente, à condição marginal. Conhecem o famigerado e irritante “Blogger Content Warning” que surge a cada vez que acessamos blogs eróticos, pornográficos e sensuais? Este aviso virtual pode ser levado ao nosso mundo, à nossa realidade material, traduzindo e sendo uma afirmação maior do ver-se como abominável e criminoso, “incentivador de crimes”, O Sensual, O Erótico, O Pornográfico e o Sexual.

Artistas como Sorayama encontram essas dificuldades sob diversas formas, mas insistem e eternizam-se em sua Arte como Mestres. Ele, consagrado, mui admirado, sofisticadamente pertence ao rol dos que Amam seu artístico e interessantíssimo trabalho. Nascido em Ehme, no Japão, no ano de 1947, ele estudou Arte na Universidade de Shikoku Gakui a partir de 1965; no entanto, graduou-se na Escola de Arte Chuo em 1968. Primeiramente trabalhou como ilustrador independente e lançou seu primeiro livro apenas em 1983, Sexy Robot. Eis a lista de seus trabalhos lançados:


2003 - Latex Galatea 2002 - Venom, The Gynoids, The Storage Box



2001 - Metallicon



2000 - Moira, Sorayamart, Gynoids Reborn, The Gynoids Genetically Manipulated



1999 - Sorayama 1964-1999



1998 - Torquere



1997 - Naga, Naga Deluxe, Sorayama Calles in Beauties



1993 - The Gynoids



1989 - Hajime Sorayama, Hyper Illustrations, Hyper Illustrations 2



1988 - Sexy Robot



1985 - Venus Odyssey



1984 - Pin-Up



1983 - Sexy Robot



A seguir, uma introdução a mais ao mundo de sonhos realizados e realizáveis de Sorayama.


Nestas páginas, vós podereis acessar mais informações acerca dele e suas imagens mais quentes:


http://hajimesorayama.com




http://www.suicide.couk.com/gallery/sora/sorag.htm




http://www.sorayama.com




http://home.att.net/~hoo0/Hajime00.htm



E, aqui, vamos com ele navegar por uma Arte espetacular.


























    Data/hora atual: Sex Dez 02, 2016 9:22 pm