Projeto C.O.V.A.

Enterre-se nesta Cova se tiver coragem e ossos!!!

Aos Artistas Que Sobrevivem Nas Sombras Mais Inspiradoras E Aos Amantes Destas Sombras Na Forma De Arte, Poesia, Literatura E Música


Type O Negative

Compartilhe

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Nov 12, 2010 4:29 pm

TYPE O NEGATIVE





Type O Negative são uma banda de Heavy Metal /Gothic Metal de Brooklyn, Nova York.
A sua música incorpora elementos de doom metal,thrash metal blues, punk rock e Gothic Metal com letras dramáticas sobre romance,depressão e morte .
Inicialmente a banda chamava-se Fallout,e era formada por Peter Steele,John Campos, Louie Beato, e Josh Silver.
Em 1981 lançam o EP intitulado “Batteries Not Included”, que teve um modesto sucesso na rádio da escola.Pouco depos Josh deixa os Fallout para formar os Original Sin, que combinava os sons do new wave com metal.
Steele funda a banda de trash metal Carnivore.

Os Carnivore passaram grande parte dos anos 80 em digressões por toda a costa este as letras da banda era agressivas, ásperas e politicamente incorretas, abordando a raça, religião,guerra, misogenia num som reminiscente de speed metal misturado com hardcore e punk rock.

Após o lançamento do segundo album dos Carnivore, Retaliation , a banda entra num hiato. Dois anos depois Steele é convidado por um amigo de longa data Sal Abruscato (baterista original dos Type O Negative).
Pouco depois Silver é convencido a juntar-se ao grupo ao lado de um amigo de infância Kenny Hickey.
Os nomes iniciais para a banda seriam Repulsion e Sub-Zero mas após uma longa pesquisa, deram com um anúncio onde se pedia para doar sangue,um raro tipo de sangue (O Negativo) aí concordaram em chamar-se Type O Negative.

A banda lançou uma demo que atraiu a atenção da Roadrunner Records, que viria a assinar contrato com eles para cinco albuns.Em 1991 é lançado “Slow, Deep and Hard”.

Este album incorpora riffs punk-metal algo maníacos que se afundam em atmosferas góticas e industriais.Os temas são longos, teatrais, e a lirica vai desde a vingança de um amante traído, á contemplação do suicidio.

A primeira digressão da banda foi recebida com hostilidade pelos activistas alemães que não compreenderam alguma da ironia de Peter em relação a certos tipos sociais, o que levou a banda ser acusada de serem misóginos e simpatizantes Nazis.

A banda recebeu isto com a habitual ironia, pois Josh Silver é judeu....mais tarde ainda ironizaram a situação com o tema “We Hate Everyone” (Nós odiamos toda a gente).

De volta aos EUA a banda devido a obrigações contratuais viu-se obrigada a lançar um album ao vivo, e o que eles fizeram foi regravar o seu album na cave de Silver e posteriormente adicionaram o barulho do público.

Assim nasce “The Origin Of The Feces” em 1992, que curiosamente traz na capa "Not Live At Brighton Beach"

A capa deste album também é controversa , é uma imagem de um anûs,a Roadrunner não gostou muito da piada mas avançou com o lançamento.Seria feita mais tarde uma segunda capa do album com esqueletos.

O segundo album da banda “Bloody Kisses” é lançado em 1993 e atingiu a platina nos EUA.

O ano de 1993 foi determinante para que a banda conquistasse seu espaço junto ao público. Foi através do álbum “Bloody Kisses” que a sonoridade agressiva e visceral de outrora cedeu espaço às melodias mais sofisticadas próximas ao Doom Metal e ganhou ares sombrios; porém, sem soar comercial. Foi este trabalho que consagrou os primeiros sucessos. O forte apelo visual, foi essencial para que os clipes tivessem uma ótima aceitação do público, chegando a liderar as paradas de clipes da MTV.

Além da qualidade musical, “Bloody Kisses” tornou-se conhecido também pela polémica gerada em torno de algumas canções. A introdução, “Machine Screw”, inicia-se com gemidos eróticos femininos.

Na seqüência, a segunda faixa, “Christian Woman”, narra em sua letra, a história de uma adolescente que vê Cristo como um símbolo sexual. O clip desta canção exibe cenas da adolescente na cama com o suposto Cristo. Além disso, “Christian Woman” estendia-se por aproximadamente nove minutos. Assim, não apenas a duração teve de ser reduzida como a letra teve de ser adaptada para ser executada nas rádios.

A terceira faixa, “Black nº 1”, também ganhou uma versão videoclip. O hardcore ressurge em faixas como “Fay wray come out and play” e “Kill all the white people”. Peter Steele despeja desilusões amorosas e problemas pessoais em faixas como “Summer Breeze, Bloody Kisses, Too Late: Frozen e Blood & Fire”.

Em 1994, este álbum foi relançado numa versão "digipack" com capa e encarte diferentes e sem as faixas mais curtas; porém, trazia a inédita “Suspended in Dusk”. Neste mesmo ano, o “The Origin of the Feces” foi relançado com uma nova capa.

Durante a digressão de divulgação do “Bloody Kisses”, o baterista Sal Abruscato desentendeu-se com os outros membros e abandonou a banda. Johnny Kelly, ex Life of Agony, foi convidado para ocupar a vaga deixada por Sal.

No ano seguinte, os Type O Negative foram convidados a participar do tributo aos Black Sabbath, intitulado “Nativity in Black”, ao lado de bandas como Megadeth, Bruce Dickinson, Sepultura, Faith No More, White Zombie, entre outros. Neste trabalho, os Type O Negative regravaram a canção “Black Sabbath”, com um arranjo mais sombrio, diferente do original; enquanto as outras bandas fizeram releituras semelhantes às gravações originais. Nesta mesma época, Peter Steele posa nu para a revista Playgirl e aumenta a popularidade dos Type O Negative.

O álbum “October Rust” foi lançado em 1996 e é considerado por muitos fãs, como o melhor trabalho da carreira. Ao longo de suas quinze canções, “October Rust” oscila entre climas românticos, como “Love you to Death” (com introdução em piano) que ganhou uma versão videoclip; climas amenos como encontrado em “Green Man”; ou mais densos como Red Water. Ainda, há uma passagem eletrônica e mais dançante em “My Girlfriend's Girlfriend”, que também se tornou um videoclip, mas proibido em alguns países devido ao fato de abordar a homossexualidade feminina. Mas este trabalho não deixa de lado a face sombria da banda que surge em“Wolf Moon”, nem a introspecção de Peter em “Haunted”. Como de costume, mais uma faixa é baptizada com um nome imenso: “The Glorious Liberation Of The People's Technocratic Republic Of Vinnland By The Combined Forces...”

Nos anos seguintes, os Type O Negative participam de importantes festivais como o Ozz Fest e das trilhas sonoras dos filmes A Bruxa de Blair, A Noiva de Chucky e, posteriormente, Mortal Kombat.

“World Coming Down” é o quinto álbum. Este trabalho foi concebido durante digressões anteriores. Porém, tragédias pessoais, como a morte do pai de Peter, entre outras mortes familiares próximas,colaboraram para o clima mais pesado do álbum. Peter começou a beber muito para mascarar a sua dor.

Lançado em 1999, este disco é citado como um dos menos prósperos dos Type O Negative, com letras mais depressivas e uma sonoridade um pouco mais comercial. Este album em vez de abordar romance e sexo, fala da morte, o abuso de drogas, depressão e suicidio. Mas, entre suas 13 faixas, ainda destacam-se “Every One I Love Is Dead,” “All Hallow´s Eve” e “Everything Dies”; além de uma regravação dos Beatles: “Day Tripper”.

Em 2000 foi lançado um pacote promocional contendo uma compilação de versões dos maiores sucessos da carreira e algumas inéditas, além do DVD “After Dark” e um livreto de oito páginas. Nesta mesma época, Johnny Kelly e Kenny Hickey passaram a actuar também em projetos paralelos.

Em 2001, a banda se reúne para dar início às composições do próximo álbum.

Um best of intitulado “The Least Worst Of Type O Negative” é lançado e ainda que vários temas surjam em albuns anteriores , também apresenta remixes ou lados B dos singles.
Também traz a cover de “Black Sabbath” e uma versão limpa de “Hey Pete”.

Após três anos de expectativa para os fãs, os Type O Negative lançam “Life Is Killing Me”. Este trabalho traz quinze faixas que mantém as principais características da banda. Porém, alguns detalhes foram incorporados neste disco. Por exemplo, a banda fez uso, na faixa “Less than Zero”, de uma cítara, instrumento "pouco convencional" entre bandas do gênero. Os vocais de Peter continuam graves e profundos, enquanto Josh eleva a sofisticação com os arranjos de teclado. “Life Is Killing Me” agrada aos fãs mais antigos e exigentes e torna-se mais uma referência na discografia do TON.

Neste mesmo ano, Peter Steele participa das gravações do filme Tao of M, de James L. Bills, interpretando o vampiro Viktor Baine.

No início de 2006, é lançado pela editora alemã SPV, o DVD “Symphony for the Devil” (The World of Type O Negative). Juntamente com o DVD, é lançado um single contendo três covers do guitarrista Carlos Santana: “Evil Ways”, “Oye Como Va” e “Black Magic Woman”.

Após o lançamento Peter passou alguns dias na cadeia por posse de narcóticos e para reabilitação.

Após a Roadrunner Records lancar em 2006 a compilação “The Best Of Type O Negative” (sem o conhecimento da banda) Os Type O Negative abandonam a Roadrunner Records, ao fim de 19 anos de parceria e assinam pela SPV Records.

Em 2007 é lançado “Dead Again”, o trabalho mais recente da banda. Traz 10 faixas inéditas, além de trazer na arte gráfica da capa o místico russo Rasputin. O primeiro single do álbum é a faixa “The Profit Of Doom”, que pode ser escutada em rádios de heavy metal. Para o videoclipe, a faixa sofreu cortes, já que a original possui quase 11 minutos de duração.

Duas edições especiais do “Dead Again” foram lançadas .Uma é com dois discos que inclui temas ao vivo gravadas no Wacken Open Air de 2007, com entrevistas e videoclips .A outra é um LP triplo em vinil com um livro de 12 páginas e uma t-shirt.

Peter Steele faleceu a 14 de Abril de 2010 aos 48 anos aparentemente de falha cardíaca.
A banda anunciou que não iria continuar.



MEMBROS

Peter Steele – Vocalista, viola baixo, guitarra e teclados
Josh Silver –teclados, programação e segundos vocais
Kenny Hickey – guitarra e segundos vocais
Johnny Kelly – Bateria percurssão e segundos vocais

EX MEMBROS

Sal Abruscato – Bateria e percurssão (1989–1993).(Abandonou a banda para se juntar aos Life of Agony.

DISCOGRAFIA

Slow Deep and Hard (1991)
The Origin of the Feces (1992)
Bloody Kisses (1993)
October Rust (1996)
World Coming Down (1999)
Life Is Killing Me (2003)
Dead Again (2007)

VHS & DVD

After Dark - 1998/2000
Symphony For The Devil – 2006





Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Re: Type O Negative

Mensagem  Inominável Ser em Qua Nov 17, 2010 9:39 am

Peter Steele deixou filhos, Elektra?

E, sem querer ser ortodoxo, na minha opinião a banda deveria mesmo terminar, não há nenhum outro à altura para substitui-lo.

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Qua Nov 17, 2010 7:01 pm

A banda terminou Inominável Ser, isso foi ponto assente imediato.Nenhum membro da banda quis continuar sem ele.
Ele não deixou filhos nenhuns.

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:03 pm

DISCOGRAFIA:



SLOW,DEEP AND HARD





Unsuccessfully Coping with the Natural Beauty of Infidelity
Der Untermensch
Xero Tolerance
Prelude to Agony
Glass Walls of Limbo
The Misinterpretation of Silence and its Disastrous Consequences
Gravitational Constant







Última edição por Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:31 pm, editado 2 vez(es)

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:04 pm

THE ORIGIN OF THE FECES





I Know You're Fucking Someone Else
Are You Afraid
Gravity
Pain
Kill You Tonight
Hey Pete
Kill You Tonight
Paranoid



A capa original deste album, é uma imagem de um esfíncter anal , que entretanto foi mudada para esta versão da "dança da morte" .O titulo deste album é uma "piada" ao livro de Charles Darwin A origem das Espécies. "The Origin of Species".

Geralmente, uma banda lança um disco ao vivo após alguns anos de carreira, vários álbuns lançados e uma posiçãoconsistente em seu segmento. No caso dos Type O Negative não foi bem assim. O segundo álbum de sua discografia, The origin of the feces lançado em 1992 já é um pseudo trabalho ao vivo.
O album foi produzido como se tivesse sido gravado ao vivo, adicionando barulhos de fans e audiência, um dos temas chega a parar no pseudo evento por ameaça de bomba ....isto foi feito para simular alguma controvérsia que a banda teve na digressão Slow Deep and Hard tour pela Europa.
O facto é que The origin of the feces não é um álbum ao vivo.
Mas, entre as dez faixas que compõem este trabalho, sendo algumas do disco anterior, os destaques ficam com “Hey Peter” (versão de Hey Joe de Jimi Hendrix) e “Paranoid”, originalmente gravada pelos Black Sabbath, e que só surge nesta edição.

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:07 pm

BLOODY KISSES



Black No.1 (Little Miss Scare-All)
Fay Wray Come Out and Play (Interlude)
Kill All the White People
Summer Breeze (originally by Seals and Crofts)
Set Me on Fire
Dark Side of the Womb (Interlude)
We Hate Everyone
Bloody Kisses (A Death in the Family)
3.O.I.F. (Interlude)
Too Late: Frozen
Blood & Fire
Can't Lose You



Versão digipack, tem menos dois temas,o Intro e o Interlude a pedido da banda e foi adicionado um tema no lugar.

Christian Woman
Bloody Kisses (A Death in the Family)
Too Late: Frozen
Blood & Fire
Can't Lose You
Summer Breeze (originally by Seals and Crofts)
Set Me on Fire
Suspended in Dusk (new song)
Black No.1 (Little Miss Scare-All)










Última edição por Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:11 pm, editado 1 vez(es)

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:10 pm

OCTOBER RUST




1- Bad Ground
2-
3- Love You to Death
4- Be My Druidess
5- Green Man
6- Red Water (Christmas Mourning)
7- My Girlfriend's Girlfriend
8- Die With Me
9- Burnt Flowers Fallen
10- In Praise of Bacchus
11- Cinnamon Girl
12- The Glorious Liberation of the People's Technocratic Republic of Vinnland by the Combined Forces of the United Territories of Europa
13- Wolf Moon
14- Haunted
15-









Última edição por Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:20 pm, editado 2 vez(es)

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:14 pm

WORLD COMING DOWN





Skip It
White Slavery
Sinus
Everyone I Love Is Dead
Who Will Save The Sane
Liver
World Coming Down
Creepy Green Light
Everything Dies
Lung
Pyretta Blaze
All Hallows Eve
Day Tripper (Medley)




Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:15 pm

LIFE IS KILLING




Thir13teen
I don´t Wanna Be Me
Less Than Zero
Todd´s Ship Gods (Above All Things)
I like Goils
…A Dish Best Served Coldly
How Could She?
Life Is Killing Me
Nettie
(We were)Electrocute
"IYDKMIGTHTKY (Gimme That)
Angry Inch
Anesthesia
Drunk In Paris
The Dream Is Dead





Na Europa o album saiu com um cd bónus


Out Of The Fire (Kane´s Theme)
Christian Woman
Suspended in Dusk
Blood & Fire (Out Of The Ashes Mix)
Black Sabbath (cover de Black Sabbath , (lançado originalmente no album Nativity in Black)
Cinnamon Girl (extended Depression Mix)
Haunted





Última edição por Elektra em Dom Out 09, 2011 8:10 am, editado 1 vez(es)

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:16 pm

DEAD AGAIN




Dead Again
Tripping a Blind Man
The Profits of Doom
September Sun
Halloween in Heaven
These Three Things
She Burned Me Down
Some Stupid Tomorrow
An Ode to Locksmiths
Hail and Farewell to Britain



Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Sex Mar 18, 2011 3:23 pm

DVDs


AFTER DARK




Black No.1 (Little Miss Scare-All)
Christian Woman
My Girlfriend's Girlfriend
Love You to Death
Cinnamon Girl (Neil Young)
Neil Young cover
Christian Woman
Naildriver version
Everything Dies

Bonus video





SYMPHONY FOR THE DEVIL





"In the Flesh" (Roger Waters)
Pink Floyd cover
"Cinnamon Girl" (Neil Young)
Neil Young cover
"Waste of Life intro"
"Too Late: Frozen"
"In Praise of Bacchus"
"Kill All the White People"
"Cornucopia intro" (Ozzy Osbourne, Tony Iommi, Geezer Butler, Bill Ward)
Black Sabbath cover
"Wolf Moon (Including Zoanthropic Paranoia)"
"Everything Dies"
"My Girlfriend's Girlfriend"
"Are You Afraid"
"Gravity"
"Black Sabbath intro" (Osbourne, Iommi, Butler, Ward)
Black Sabbath cover
"Christian Woman"
"Love You to Death"
"Black No.1 (Little Miss Scare-All)"


CDSantana Medley
"Evil Ways" (Clarence (Sonny) Henry)
"Oye Como Va" (Tito Puente)
"Black Magic Woman" (Peter Green)


Última edição por Elektra em Dom Out 09, 2011 8:07 am, editado 1 vez(es)

darkangel
Admin
Admin

Mensagens : 172
Data de inscrição : 03/11/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  darkangel em Sab Out 08, 2011 1:38 pm

Uma grande perda para o metal gotico.Tive a sorte de os ver ao vivo pouco antes da morte do Peter Steele,pois gosto muito deles.

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Re: Type O Negative

Mensagem  Inominável Ser em Dom Out 09, 2011 12:57 am

A banda bem que poderia continuar com o trabalho, tendo outro vocalista... O que vocês pensam sobre isso?

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: Type O Negative

Mensagem  Elektra em Dom Out 09, 2011 8:09 am

Eu penso que isso nunca foi opção.
Todos continuam a fazer música, mas os Type O Negative são únicos, e como tal nunca poderiam continuar com um outro vocalista.

Conteúdo patrocinado

Re: Type O Negative

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:20 pm


    Data/hora atual: Sex Dez 02, 2016 9:20 pm