Projeto C.O.V.A.

Enterre-se nesta Cova se tiver coragem e ossos!!!

Aos Artistas Que Sobrevivem Nas Sombras Mais Inspiradoras E Aos Amantes Destas Sombras Na Forma De Arte, Poesia, Literatura E Música


Plastique Noir

Compartilhe

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Plastique Noir

Mensagem  Inominável Ser em Seg Nov 22, 2010 5:48 pm



A cidade de Fortaleza fica no Nordeste do Brasil. Famosa por suas belas praias, pela alegria de seus habitantes e pelo sol que brilha o ano inteiro, atrai legiões de turistas de todo o mundo durante o ano. Mas a cidade tem uma outra face. Uma face escura, doente, apaixonada, impiedosa.

Plastique Noir nasceu e cresce ali, nesse meio desolado e hostil. Numa pequena sala situada no coração de uma violenta área batizada com nome de batalha da Segunda Guerra, cercados por chaminés que despejam no céu cinza os tóxicos de um complexo industrial falido, quatro jovens se reúnem desde 2005 para gerar música pós-punk com influências darkwave, synthpop, industrial, indie e punk. Trazendo na bagagem o pop das últimas décadas, mas atentos à contemporaneidade, usam a nostalgia como ferramenta e a decadência urbana como inspiração, culminando no labirinto existencial dentro de cada um de nós neste início de milênio, quando as utopias morreram e o caos embaça um senso residual mínimo de realidade. Não se trata de crítica engajada [embora esta seja inevitável], mas de poesia suja, que conta histórias cujos personagens centrais são os próprios integrantes mais tudo aquilo que os cerca. Falamos das madrugadas desertas, das prostitutas e travestis no calçadão à beira-mar, do hedonismo viciado, das ruínas da cidade velha, dos amores marginais perdidos nas esquinas e bares, dos corpos amontoados no necrotério, da neurose cotidiana sufocada pelo monóxido de carbono, do retorno ao passado em busca de um futuro possível qualquer, dos símbolos de loucura do folclore e do pop que oferecem uma fuga, um desvio.

Plastique Noir [em francês, “plástico negro”] é o saco que embala cadáveres. Seu eletro-rock, soturno porém dançante, também envolve corpos, impelindo-os à dança hipnotizada. Em menos de dois anos, a fórmula já conquistou ampla repercussão nacional, com shows em algumas partes do país, como São Paulo, Brasília, Minas Gerais, Cuiabá, Campo Grande, Salvador, Recife, Teresina, Paraíba e Natal; entrevistas para revistas como a Bizz e outras publicações, jornais, rádios, TVs e sites de todo o Brasil; inclusão na coletânea “Retratos Subterrâneos” da revista Rock Hard/Valhalla, que reúne o melhor do gótico nacional; top 1 de downloads no renomado portal brasileiro de música eletrônica Fiber Online [quase 60 mil downloads e streamings]; eleita a segunda melhor banda brasileira em seu gênero pelo Brazilian Alternative Charts, a parada oficial de música gótica e eletrônica, que envolve críticos, músicos e produtores; escalação para os festivais independentes Ponto.CE [CE], DoSol [RN], Porto Musical [PE], Calango [MT] e WoodGothic [MG]; e convites para abertura de shows de nomes expressivos como Montage, Ludov, Engenheiros do Hawaii, GPKISM [Japão] e The Cruxshadows [EUA].

A banda também tem crescido muito no âmbito internacional, tendo sido a única banda brasileira convidada para a edição de 2007 do maior festival gótico do mundo, Wave Gotik Treffen, em Leipzig [Alemanha]. Foi ainda entrevistada na renomada revista portuguesa Elegy Iberica, pela revista mexicana Dark e pelos sites americanos Grave Concerns e Midnight Calling; recebeu elogiosa resenha do renomado jornalista inglês Mick Mercer em seu site e também em seu mais recente livro [Music To Die For], no qual mapeia o gótico mundial; e têm tido suas canções discotecadas nas rádios alemãs Ultra Dark Radio e Schwarzbrot, na festa portuguesa Bouquet of Dreams e na casa sul-africana Zeplins, bem como em outros países como França, Bélgica, Itália, Peru, EUA e Chile.

Seus dois lançamentos independentes até então, Offering [2006] e Urban Requiems [2006/2007], este último re-lançado este ano pelos selos Ekleipsi Records [ITÁLIA] e AFMusic [ALEMANHA], estão esgotados. Após os EPs Those Who Walk By The Night - The Remixes [produzido em parceria com Synthetik Form] [PE] e The Early Grave [b-sides e raridades], a banda divulga, no momento, seu primeiro álbum full-length oficial: DEAD POP [Pisces Records] [SP].


Integrantes:

Airton S.

função vozes e programação eletrônica
idade 27 anos
influenciado por The Cure, Asylum Party, Nine Inch Nails, Radio Dept, Human League, Kraftwerk, Cocteau Twins, Lycia, New Order, Tears For Fears, David Bowie, Blade Runner, Twin Peaks, Spoilsbury Toast Boy.
página pessoal
http://nadistopia.blogspot.com
www.fotolog.com/novadistopia


danyel a.

função baixo, teclados e violão
idade 28 anos
influenciado por The Cure, The Smiths, Joy Division, New Order, The Jesus and Mary Chain, Smashing Pumpkins, Interpol, Editors, Mary Onnetes, She Wants Revenge, Radio Dept, The Strokes, The Killers, Abba.
página pessoal
http://xxdanyel.blogspot.com
www.fiberonline.com/danyel.a


márcio mãzela

função guitarra, backing vocals
idade 28 anos
influenciado por The Mission UK, The Sisters of Mercy, Clan of Xymox, Little Nemo, Billy Idol, The Cult, 69 Eyes, Bauhaus, Motley Crüe, Friedrich Nietzsche, Gilles Deleuze, Charles Baudelaire, A Clockwork Orange, Lost Boys.
página pessoal
www.fotolog.com/marciomazelanoir


Discografia:


The Sky Is Grey
[2009, coletânea · tributo ao Harry]

01. Downward Path (feat. Bad Cock) - Liar
02. Plastique Noir - Genebra
03. Vztroniq - Blood and Shame
04. Nobody Else - The Beast Inside
05. By GON - Zombies
06. Elegia - Silent Telephone
07. R3pvblika - Death
08. A Industrya vs Hatech - Zombies
09. Euphorbia vs Aire ‘n Terre - Songs of Metal and Flesh
10. Synthetik Form - You Have Gone Wrong
11. Modem - Licantrophy
12. Klaustrophobik - Morbid
13. DelNaja (feat. Helfenstein) - Chemical Archives
14. Transgressão (feat. Marcos Stefani) - Spreaded
15. Gabbriellisch - Sky Will Be Grey



The Early Grave
[2009, coletânea · lados B e raridades]

01. Fireworks
02. Those Who Walk By The Night
[Live at DoSol Festival 2008]
03.Inconstancy
[loser shoegaze version]
04. Inconstancy
[holidays in the Gulag version]
05. Inconstancy
[blood wave version]
06. Desire Or Disease [Mäzela mix]
07. Six Feet Under [demo]
08. Phantom In My Stereo [Transcommunication] [demo]
09. Waves of Satan [Live tribute to Red Run]
10. Nihil [demo]



Dead Pop
[2008, álbum, Pisces]

01. Inconstancy
02. Imaginary Walls
03. Phantom In My Stereo [Transcommunication]
04. IML
05. Creep Show
06. Killdergarten
07. Those Who Walk By The Night
08. Desire Or Disease
09. Shadowrun
10. Nihil
11. Empty Streets
12. Silent Shout
13. Morphine Days

bonus track
14. Those Who Walk By The Night
[addict remix]




Inconstancy
[2008, single]

01. Inconstancy
02. Nihil


Those Who Walk By The Night - The Remixes
[2008, EP]

01. Those [...] [original]
02. Those [...] [addict remix]
03. Those [...] [angels & cenobytes remix]
04. Those [...] [my lonely child remix]
05. Those [...] [state of mind remix]
06. Those [...] [sensorial remix]


Smoke and Spotlight vol. 3
[2008, coletânea, death-rock.de]

01. Cyteres - Mortal De Cyteres
02. Dorcel - Black Human Cells
03. Cockatoo - Otto's Song
04. Dr. Arthur Krause - The Lake
05. Twisted Nerve - Twisted Nervosis
06. Other Voices - But A Chill Runs Along Your Spine
07. Garlands - Predjari
08. Diskoteket - Karlek Och Skonhet
09. Avant-Gade - Inerme and Lontamo
10. C'est La Mort - No Time To Say Goodbye
11. Niceville - The Endless Cigarette
12. Dada Dumdums - Hourglass Land
13. Varsovie - Varsovie
14. Hipocrisy Insane - Save My Life
15. Hysteric Helen - Kiss Me Piss Me
16. Squishy Squid - Bonjour Tristesse
17. Din Glorious - I Drive Dinossaurs
18. La Peste Negra - Scarlet Woman Bleeding In My Arms
19. The Daughter of Bristol - My Fellow Man
20. Plastique Noir - Inconstancy
21. They Fade in Silence - Heartache


Urban Requiems Extended
[2008, EP, AFMusic]

01. Shadowrun
02. Creep Show
03. Desire Or Disease
04. Six Feet Under
05. Killdergarten
06. Silent Shout
07. Empty Streets
08. In Thorns And Blades [remaster]


Retratos Subterrâneos
[2007, coletânea, Rock Hard/Valhalla]

01. Sunseth Midnight - Lover Chaser
02. Elegia - Butterfly
03. Plastique Noir - Those Who Walk By The Night [exclusive mix]
04. Scarlet Leaves - Faces
05. Laudany - A Cold Whispher
06. Seduced By Suicide - Our Gothic Dream
07. Imperial - Serpentes
08. Strangeways - M.H.
09. A Banda Invisível - Quando As Almas Se Encontram
10. Zigurate - Becos
11. Nenê Altro & O Mal de Caim - Assim Disse
12. Projeto Renfield - Her Shadow
13. Lautmusik - Eagerness is a Distorting Mirror
14. The Downward Path - Sinking
15. Bad Cock - The Chosen
16. Pecadores - Apocalipse
17. Necropolis - Reverseless
18. A Industrya - Infinite War




Under The Southern Sun vol. 3
[2008, coletânea, UtSS]

01. Últimos Versos - A Máscara e O Medo
02. Rosa dos Ventos - A Dança dos Invencíveis
03. Projeto Renfield - Her Shadow
04. A Banda Invisível - A Música Invisível
05. Zigurate - Despertar
06. Vultos - O Colecionador de Lembranças
07. Scarlet Leaves - Absinthe Tears
08. The Anorexic Juliet - Valentine's Dance
09. Bells of Soul - The Ghost of Castle
10. Sensível Elite Branca - Espelhos
11. X-Devotion - Love Or Hate Me
12. Plastique Noir - Empty Streets
13. Days Are Nights - Dançando Em Meio A Guerra
14. Gargula Vauzer - An Angel Between The Sun And Earth
15. Jardim do Silêncio - Solitário
16. Escarlatina Obsessiva - Winter




Dança das Sombras vol. 1
[2007, coletânea, Dança das Sombras]

01. Plastique Noir - Shadowrun
02. Desidéria - Quimera Fantasma
03. Fóssil - Walkmachine
04. Tenebra - Pesadelo
05. Noise Jam Project - Progressões Parte I
06. O Quarto Das Cinzas - Caminhando Com A Bondade
07. Atomic Bomb Watcher - Hero
08. Marie Poppins - Pop Art
09. Orquídeas Francesas - Vazio do Mundo
10. Kohbaia - Papai Eu Não Consigo Ser Durão
11. Clarisse Revel - Substâncias
12. Espace - Os Amantes



Rio After Midnight vol. 1
[2006, coletânea, Rio After Midnight]

01. Gargula Vauzer - A Noiva do Morto
02. Urban Citizen - Violence And Solution
03. Voz del Fuego - Pra Ficar Bonita
04. Plastique Noir - Killdergarten
05. Irmandade - Os Mortos Dançam
06. Pettalom - No Regret
07. Zigurate - Como Será
08. Each Second – Silence
09. Desrroche - Livramento
10. Bells of Soul- You and I
11. Days Are Nights - Pra Você Refletir
12. Spectrum - Connected to Kill
13. Seduced by Suicide- The Death Of My Life
14. Mvndo da M3nte - Morte
15. Grammostola Actaeon - Um Homem
16. Ocaso - Corpo
17. Vultos - Colecionador de Lembranças




Urban Requiems
[2006, EP, Dança das Sombras/Ekleipsi]

01. Shadowrun
02. Creep Show
03. Desire Or Disease
04. Six Feet Under
05. Killdergarten
06. Silent Shout
07. Empty Streets


Offering
[2005/2006, demo]

01. Six Feet Under
02. Desire Or Disease
03. In Thorns And Blades
04. Creep Show
05. Silent Shout



in: Plastique Noir - Bio










    Data/hora atual: Dom Dez 04, 2016 5:08 am