Projeto C.O.V.A.

Enterre-se nesta Cova se tiver coragem e ossos!!!

Aos Artistas Que Sobrevivem Nas Sombras Mais Inspiradoras E Aos Amantes Destas Sombras Na Forma De Arte, Poesia, Literatura E Música


The Crow

Compartilhe

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

The Crow

Mensagem  Elektra em Sex Nov 26, 2010 1:39 pm

THE CROW





Brandon Lee .... Eric Draven
Rochelle Davis .... Sarah
Sofia Shinas .... Shelly
Ernie Hudson .... sargento Albrecht
Michael Wincott .... Top Dollar
Ling Bai .... Myca
Anna Levine .... Darla



É uma adaptação cinematográfica da história em quadrinhos homônima de James O'Barr. O filme foi adaptado por David J. Schow e John Shirley e produzido em 1994 e dirigido por Alex Proyas.

Eric Draven e sua noiva Shelly são brutalmente assassinados na Noite do Demônio (Devil's Night), a noite que precede o Halloween. Um ano depois, Eric volta do mundo dos mortos guiado por um Corvo. Inicialmente sem lembranças do ocorrido, volta ao seu antigo apartamento onde recobra as memórias e a dor da morte. Eric pinta em seu rosto os traços de um palhaço feliz e distorcido e inicia uma caçada para vingar-se de seus assassinos.

Os bandidos são mortos um a um, até que Eric, com o auxílio do sargento Albrecht, se encontra com o maior criminoso da cidade, Top Dollar e a sua irmã, que entretanto conseguiu apanhar o Corvo. Ela descobriu que o sofrimento do Corvo (pássaro) seria transposto para Eric, colocando assim a sua imortalidade em perigo.


ENREDO


No dia 30 de Outubro, a noite do demónio em Detroit o Sargento Albrecht (Ernie Hudson) está numa cena de crime , onde Shelly Webster (Sofia Shinas) foi espancada e violentada, e o seu noivo Eric Draven (Brandon Lee) jaz morto, esfaqueado e atirado pela janela.
O casal ia se casar no dia seguinte, dia de Halloween.

Ao sair para o hospital com Shelly, Albrecht conhece uma menina, Sarah (Rochelle Davis),que afirma ser amiga e que a quer acompanhar.Albrecht diz-lhe que a amiga está a morrer...

Um ano mais tarde, um Corvo voa até á campa de ,Eric Draven; Eric acorda e sai da sua campa.

Entretanto um bando de bandidos liderados por, T-Bird (David Patrick Kelly), está a colocar fogo em várias partes da cidade.

Eric vai até ao seu antigo apartamento e vê-o completamente abandonado, devoluto.

Ele tem flasbacks dos assassinos , recordando que os responsáveis foram T-Bird e o seu grupo:
Tin Tin (Laurence Mason), Funboy (Michael Massee) e Skank (Angel David).

Eric percebe então que cada ferida que tem sara de imediato.Guiado pelo Corvo ela traça a sua vingança contra os seus assassinos e de sua amada Shelly.

O Corvo ajuda Eric a encontrar Tin Tin; Eric mata-o e fica com o seu casaco.

Vai de seguida á loja de penhores onde Tin Tin empenhou o anel de noivado de Shelly no ano anterior.
Eric força o proprietário Gideon(Jon Polito) a devolver o anel e explode a loja .Deixa Gideon vivo para que este avise os outros.

Eric encontra Funboy com a mãe de Sarah, Darla (Anna Levine). E depois de matar Funboy, Eric fala com Darla, fazendo-a compreender que Sarah precisa de uma boa mãe.

Visita Albrecht,explicando quem ele é e porquê está ali.Albrecht conta-lhe esteve ao lado de Shelly e que esta morreu em grande sofrimento.Eric toca-lhe e recebe dele a dor que Shelly sentiu durante as 30 horas em que se debateu pela vida.

Sarah e a mãe começam a reparar o seu relacionamento.

Sarah vai ao apartamento de Eric e fala com ele, dizendo que sente a falta de Eric e Shelly .Eric explica que apesar de já nãopoderem ser amigos , ele ainda se preocupa com ela.

T-Bird e Skank param numa loja de conveniência para levarem mantimentos,Eric chega e rapta T-Bird .Skank segue-os e e testemunha Erci a matar T-Bird .Foge e vai ter com Top Dollar (Michael Wincott), um chefe criminoso que controla todos os pequenos gangues da cidade.

Top Dollar e a sua amante/e meia irmã Myca (Bai Ling) que já tinham ouvido notícias das acções de Eric.

Top Dollar tem uma reunião com os seus associados para decidirem o que farão na noite do demónio,e Eric chega á procura de Skank. Numa troca de tiros Eric mata quase todos os presentes e inclusive Skank.
Top Dollar, Myca e Grange (Tony Todd), o braço direito de Top Dollar escapam.

Eric termina assim a sua missão e volta para a sua cova.Sarah vai despedir-se dele e ele entrega-lhe o anel de noivado de Shelly .
É então que Sarah é raptada por Grange que a leva para uma igreja onde Top Dollar e Myca estão.

Através do Corvo, Eric fica a saber o que se passou e vai em seu auxilio.

Grange atinge o Corvo,quando estes chegam á igreja, fazendo Eric perder a sua invencibilidade.
Myca agarra o Corvo ferido pretendendo conseguir o seu poder mistico.

Albrecht chega logo após Eric ser ferido.
Top Dollar agarra em Sarah e sobe até á torre do sino,com Grange morto.
O Corvo foge das mãos de Myca furando-lhe os olhos e atirando-a pelo fosso do sino para a morte
Com Albrecht ferido Eric vai até ao telhado da igreja, e aí frente a frente com Top Dollar, este finalmente admite que foi ele o mandante da morte de Eric e Shelly.
Durante a luta Eric dá-lhe as 30 horas de dor que Shelly sentiu antes de morrer que ele tinha absorvido de Albrecht.
Essa descarga atira Top Dollar do telhado abaixo para a sua morte.

Sarah e Albrecht vão para o hospital e Eric reune-se a Shelly na sua capa.

A 31 de Março de 1993,oito dias antes de terminarem as gravações do filme.
As cenas envolviam as personagens de Lee e Shina no seu apartamento, foram guardadas para esta altura para que Lee estivesse esta última semana sem maquilhagem.

Na história a personagem de Lee é morto pelo personagem de Michael Masse.Semanas antes a arma que matou Lee tinha sido usada numa cena em que usaram balas de fingimento.
Uma dessa balas ficou esquecida no cano da arma.
A companhia que estava a produzir o filme dispensou os peritos em armas mais cedo, e quando a arma foi necessária para a última filmagem o empregado de adereços pegou nela e levou-a para o set de filmagens sem saber que era norma verificar o armamento sempre.E assim a arma não foi verificada e foi carregada com cartuchos vazios (só para fazer barulho), e deu-se a tragédia.

Brandon Lee foi atingido no abdómen e morreu doze horas depois sem nunca ter recuperado a consciência.

Sofia Shinas,que tinha testemunhado o acidente não quis continuar o filme e foi-se embora para a sua casa em Los Angeles.
Dois dias depois Ed Pressman anunciou que o filme iria ser terminado.Foram gastos mais oito milhões, do que o previsto para fazê-lo.

Os membros do elenco fizeram uma pausa de dois meses para que o final fosse rescrito.

Curiosamente Brandon estava a 18 dias de se casar com o grande amor da sua vida, e momentos antes de ser atingido tinha comentado com a sua colega Sofia que o papel que ia fazer a seguir era o de "marido", e que estava muito feliz pois era o que mais desejava,ter uma familia e estar ao lado da mulher que amava.
A ficção mesclou-se com a realidade de forma trágica....nem na tela nem na vida real ele cumpriu o sonho de felicidade....assim como o autor do The Crow que escreveu a história no rescaldo da perda da sua amada, também ela morta por atropelamento.

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Elektra em Sex Nov 26, 2010 1:41 pm

Descrevem-no como mais negro e sem dúvida o melhor filme de Brandon Lee.Infelizmente, devido a um acidente nas filmagens ele morreu trágicamente antes do fim do filme, e nunca soube o sucesso que este teria.

A melancolia com a morte de Lee assombra cada imagem do filme ...o espectro de Brandon Lee parece que está em cada frame do filme.

Como é obvio, “The Crow” é muito mais do que isso. Não é um filme perfeito, longe disso, mas os filmes de Culto são assim mesmo, ultrapassam as questões objectivas para falar directamente ao coração dos espectadores.
Com uma história linear de vingança, já vista mil vezes no cinema, o filme é uma experiência que transcende todos os nossos sentidos com imagens inesquecíveis, uma panóplia de sentimentos fortes (amor, ódio, paixão, violência) e uma escolha cirúrgica da banda sonora.

Na base do filme, não nos podemos esquecer da banda desenhada original do James O’Barr. Tudo o que faz a força do filme encontra-se já nas páginas do comic: o ambiente pesado e desesperado, a história de amor poderosa e trágica, as referências ao rock e à poesia. A força da história deve-se sobretudo ao facto do autor ter vivido na pele a perda da mulher da sua vida (atropelada por um condutor bêbado) e foi a raiva, o desespero que o levaram a escrever este comic-book.

Para os instigadores do projecto, a adaptação da banda desenhada foi o grande problema. Como captar a essência de uma história com muito poucos diálogos cujo a narração passa sobretudo por vinhetas ao estetismo muito marcado?
Aqui vão surgir duas personalidades determinantes: o actor Brandon Lee e o realizador Alex Proyas. São a estas duas únicas pessoas que se deve o resultado que vimos hoje no ecrã.

Farto de viver na sombra do seu pai, que fazia com que não conseguisse fugir de fracos filmes de acção, Brandon Lee defendeu com unhas e dentes uma adaptação fiel do comic de James O’Barr. Sempre percebeu que esta era a oportunidade de mostrar que era um grande actor, capaz de interpretar tudo.

O então pouco conhecido realizador australiano, Alex Proyas, também acompanhou Brandon Lee na sua vontade de traduzir a essência do comic no ecrã e de fazer um filme gótico ao visual preponderante.

O resultado é arrebatador. Como esquecer este planos aéreos do corvo a sobrevoar uma cidade sem nome, negra como o carvão e iluminada por incêndios vindo directamente do inferno. Graças ao excelente trabalho do director da fotografia Dariusz Wolski e do chefe decorador Alex MacDowell, o realizador confecciona uma sucessão de planos de um estetismo gótico do melhor efeito.

Com um orçamento miserável (15 milhões de dólares), Alex Proyas fez um filme de uma beleza visual estrondosa, conseguiu reproduzir uma narração apurada deixando espaço para cenas de um romantismo negro que não nós deixam indiferente.
Desde a ressurreição do Eric Draven com o plano magnífico do corvo a voar em sua direcção passando pelos incessantes flashbacks da personagem principal relembrando a sua namorada, tudo contribui para nos emocionar e nos tocar a alma.
As cenas de acção são também de uma exemplar eficácia e vêm traduzir a loucura de uma personagem que perdeu tudo e só quer voltar a reencontrar a sua alma gémea.

A incrível interpretação do Brandon Lee, tanto a nível físico como psicológico, faz com que a identificação seja imediata, raramente vimos um actor tão possuído pelo seu papel, é como se o Eric Draven existisse realmente à nossa frente.

Para completar esta festa dos sentidos, temos as constantes referências à poesia de Edgar Allan Poe e Milton, entre outros, que o Eric Draven declama enquanto executa os assassinos da sua namorada e também uma banda sonora espectacular. Graeme Revell compõe uma música lírica que ilustra perfeitamente as imagens do filme. A outra banda sonora consta com canções dos The Cure, Jesus and Mary Chain, Nine Inch Nails (com um cover dos Joy Division, grande inspiração do James O’Barr) e contribui fortemente para o filme acabar de se transformar numa formidável ópera gótica.




















Laracna
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 20/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Laracna em Qua Jul 11, 2012 9:11 am

Eu me lembro que assisti esse filme ainda muito nova. Achava Lee lindo e maravilhoso. Twisted Evil
Não me lembro agora se assisti aos outros. Lançaram outros filmes, não?

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Elektra em Qua Jul 11, 2012 7:33 pm

Sim...de qualidade muito inferior.

Laracna
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 20/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Laracna em Qui Jul 12, 2012 8:27 am

Tentaram imitar o filme original e não deu certo, não é isso?

Eu gostei muito da trilha sonora também.

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Elektra em Qui Jul 12, 2012 1:27 pm

Exactamente.
Espremes e espremes e não sai nada.

O papel do Brandon Lee é único, ele imprimiu uma alma negra na personagem que dificilmente será ultrapassada.

É que a história do filme não traz nada de extraordinário, é uma história de vingança básica, o que faz a diferença é mesmo a interpretação do Brandon Lee,e o trabalho do realizador.
Este filme tem um trabalho fotográfico e a nível de cenários arrebatador!
A banda sonora é formidável!
Tudo neste filme é único!A poesia, a imaginética gótica, as cores,as imagens, os personagens,os cenários.
Uma verdadeira obra prima romântica gótica.







Laracna
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 20/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Laracna em Qua Jul 25, 2012 9:16 am

Acho que vou assisti-lo novamente. Para abraçar os detalhes que não percebi na época.

Alguém sabe de quem é a autoria da trilha sonora do filme?

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Elektra em Qua Jul 25, 2012 2:32 pm

Banda sonora:


composta por Graeme Revell

1. Birth of the Legend
2. Resurrection
3. The Crow Descends
4. Remembrance
5. Rain Forever
6. Her Eyes...So Innocent
7. Tracking the Prey
8. Pain and Retribution
9. Believe in Angels
10. Captive Child
11. Devil's Night
12. On Hallowed Ground
13. Inferno
14. Return to the Grave
15. Last Rites


e:

Burn - The Cure
Golgotha Tenement Blues - Machines Of Loving Grace
Big Empty - Stone Temple Pilots
Color Me Once - Violent Femmes
Dead Souls - Nine Inch Nails
Darkness of Greed - Rage Against The Machine
Snakedriver - The Jesus and Mary Chain
Time Baby Iii - Medicine
After The Flesh - My Life With The Thrill Kill Kult
Milktoast - Helmet
Ghostrider - Rollins Band
Slip Slide Melting - For Love Not Lisa
The Badge - Pantera
It Can't Rain All The Time - Jane Siberry



AngelSpectrum

Mensagens : 120
Data de inscrição : 02/06/2010
Idade : 24
Localização : Portugal

Re: The Crow

Mensagem  AngelSpectrum em Qui Jul 26, 2012 6:54 am

Já ouvi falar muito bem deste filme, tenho de o ver Smile

Laracna
Admin
Admin

Mensagens : 212
Data de inscrição : 20/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Laracna em Sex Jul 27, 2012 8:42 am

Vou ouvir!

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Re: The Crow

Mensagem  Inominável Ser em Qua Ago 01, 2012 6:41 pm

Eu tenho as duas... Very Happy

Elektra
Admin
Admin

Mensagens : 980
Data de inscrição : 19/05/2010

Re: The Crow

Mensagem  Elektra em Dom Nov 27, 2016 5:01 pm

Depois de ver o filme pela centésima vez e de ver os The Cure ao vivo tenho de partilhar esta jóia.




Conteúdo patrocinado

Re: The Crow

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:20 pm

    Tópicos similares

    -

    Data/hora atual: Sex Dez 02, 2016 9:20 pm