Projeto C.O.V.A.

Enterre-se nesta Cova se tiver coragem e ossos!!!

Aos Artistas Que Sobrevivem Nas Sombras Mais Inspiradoras E Aos Amantes Destas Sombras Na Forma De Arte, Poesia, Literatura E Música


Lady Death

Compartilhe

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Lady Death

Mensagem  Inominável Ser em Sab Jan 05, 2013 5:40 pm

LADY DEATH





Lady Death é uma personagem, uma deusa de histórias em quadrinhos criada por Brian Pulido e Steven Hughes. Surgiu a primeira vez no “Evil Ernie” #1 pela Eternity Comics em Dezembro de 1991.

Reapareceu em “Evil Ernie:Ressurection mini-series publicadas por Pulido através da sua extinta companhia Chaos!Comics em 1993.

Em 2002, com a falência da Chaos! Comics, os direitos da personagem foram vendidos para a CrossGen Comics, pelo valor de 12.500 dólares. Brian continuou a trabalhar no personagem e criou as novas séries intituladas Medieval Lady Death lançadas em Fevereiro de 2003.Esta versão de Lady Death tem mudanças no seu carácter numa tentativa para cativar maior audiência.

Em 2004 a GrossGen, também com dificuldade financeiras entrou com pedido de falência, vendendo novamente os direitos do personagem á Avatar Press.As outras propriedades da Chaos!Comics foram vendidas á Tales of Wonder.

Em 2005 Lady Death voltou a ter suas histórias publicadas, dessa vez então pela Avatar Press.,e esta foi a última editora a publicar as séries da Lady Death.
Após um hiato de três anos a Avatar Press anunciou que iria criar uma companhia chamada Boundless para publicar o personagem em finais de 2010.Foi também alvo de um filme de animação lançado em Julho de 2004, pela ADV Films.

Já foi ilustrada por Steven Hughes, Mike Deodato Jr., Romano Molenaar e Ivan Reis.

Brian Pulido ainda detém os direitos da propriedade da personagem,tendo a optado por publicar em várias companhias independentes, como a Avatar Press.

Além dos quadrinhos, Lady Death já foi tema do trabalho de diversos artistas de fantasia como Dorian Cleavenger, Gerald Brom, Boris Vallejo, Joe Jusko e Julie Bell.

Lady Death continua a ser um dos melhores exemplos de “bad girl” da indústria da banda desenhada durante a década de 90.As primeiras histórias foram escritas por Brian Pulido e ilustradas por Steven Hughes. Lady Death era originalmente uma violenta anti-heroína, mas subsequentes interacções trouxeram ao de cima aspectos controversos do seu carácter.

Em 23 de Julho de 2004, um filme animado foiproduzido pela ADV Films e lançado Na Comic Com International em San Diego. O filme recebeu péssimas críticas.
Em Julho de 2005 a Avatar Press revelou uma nova versão de Lady Death,escritas por Brian Pulido, tanto a Lady death Medieval como a Lady Death Clássica foram lançadas em séries distintas por artistas da Avatar, tais como Juan Jose Ryp, Daniel HDR, Richard Ortiz, Ron Adrian, Di Amorin e Gabriel Guzman.

Em Abril de 2010,a Avatar Press anunciou que iria criar uma companhia chamada Boundless que iria publicar a personagem nesse mesmo ano. Brian Pulido e Mike Wolfer vão escrever a nova série.

A personagem ficou em 39º lugar no ranking “Comics Buyer´s Guide´s “ “ 100 Sexiest Women in comics”. (100 mulheres mais sexy dos comics).




A PRIMEIRA LADY DEATH

A primeira Lady Death era uma violenta e sexy vilã, que era percebida por uma alucinação pelo rapaz Ernest Fairchild. Ela prometeu amá-lo para sempre, (amor que ele nunca tinha tido) em troca da sua lealdade. Essa lealdade era matar toda a gente na Terra, era vista como uma mulher sádica que dava a Ernie o incentivo para matar. No inicio ela não tinha um propósito real, ou história pessoal.
Com a progressão da história, Lady Death afastou-se do seu papel de namorada de Ernie e começou a sua própria história.Com a mudança a sua personalidade mudou drasticamente da vilã sexual para uma heroína.



LADY DEATH CLÁSSICA

O enredo da Lady Death clássica começa na Suécia medieval.A mulher que se iria tornar na Lady Death nasceu como mortal chamada Hope.O seu pai era um nobre local chamado Matthias que forçava os aldeões a combaterem integrados no seu exército, a guerra exacta onde combatia não é especifica mas suspeita-se que fossem nas “Northern Crusades” também conhecidas como “Baltic Crusades”.

Matthias guardava um segredo negro da sua inocente filha.Apesar de apoiado e enaltecido pela igreja pelo seu trabalho contra os pagãos,era desprezado pelo povo sendo considerado um vilão.

Matthias era piedoso, mas secretamente balançava entre a magia negra e a demonologia.Era um descendente dos “Fallen Angels” (Anjos Caídos) que tinham liderado a batalha contra Deus.

Em contraste a mãe de Hope era pura e inocente, que a sua linhagem sanguínea chegava aos céus. A mãe de Hope morreu quando esta era um adolescente e ela ficou a viver com o pai.

Eventualmente a crueldade de Matthias fez com que os aldeões se amotinassem.Matthias escapou por pouco á morte nas mãos dos rebeldes ao chamar um demónio, mas Hope foi capturada e acusada de bruxaria.

Na eminência de ser queimada viva na fogueira, Hope recitou um encantamento que tinha ouvido o pai fazer muitas vezes. Este encantamento chamou um demónio que lhe fez uma proposta; ele a salvaria da morte se ela renuncia- se á sua humanidade e servisse os poderes do Inferno. Hope aceitou e foi transportada para o Inferno.

Uma vez no Inferno, Hope viu-se no meio de uma guerra civil que se travava entre Lúcifer e um exército de demónios renegados liderados por um poderoso feiticeiro. Hope ficou devastada quando percebeu que o feiticeiro ambicioso que desafiava Lúcifer pelo controlo do Inferno era o seu próprio pai.

Gradualmente corrompida pela natureza do que a cercava, Hope ficou impregnada de maldade.Aliou-se a um homem exilado que forjava armas para o exército infernal.Enquanto falava com ele declarou que a mulher inocente que tinha sido outrora tinha morrido e que no lugar dela havia sómente Lady Death.

Com o seu novo nome, Lady Death liderou um exército contra os senhores do Inferno , durante o combate final Lúcifer lançou uma maldição em que ela nunca voltaria á Terra enquanto os vivos caminhassem. Lady Death contornou a maldição de Lúcifer dizendo que exterminaria toda a vida na Terra.

Lady Death terminou com o controle de Lúcifer atirando-o para o Portão do Céu (um sitio onde o mal não pode ir) e assim tornou-se na governante do Inferno.

Muitos dos seres do inferno, acreditam que a ascenção de Lady death assinala o começo da era do julgamento – a batalha final entre o bem e o mal pelo destino da Terra.


Desde 2005,a Avatar Press tem publicado Lady Death, mas como só tem o direitos da Lady Death (não tem do resto das personagens da Chaos!Comics, personagens interligados com a Lady Death na história original, criaram uma nova história para as origens de Lady Death.

Hope é filha de Mary e Marius, Marius é um cruzado em intermináveis campanhas contra os pagãos, sempre regressando com os seus mais leais soldados enquanto as taxas dos camponeses eram dizimadas o que enraivecia os sobreviventes.


Hope percebeu que o seu pai já não era a mesma pessoa seguiu-op até ás masmorras com a mãe a seu lado. Entretanto os aldeões deitaram abaixo os portões e invadiram o castelo em busca de vingança.

Hope descobre que o seu pai invoca demónios e sacrifica a alma dos aldeões em troca de um Reino no Labirinto. Estes demónios tratam o seu pai por Sagos.

Sagos agarra Mary revelando que possuiu o corpo de Marius e desaparecem através do portal deixando Hope para trás. Defraudados na sua vingança os aldeões decidem queimar Hope como uma bruxa.

Não desejando morrer, Hope lança um feitiço que ouviu o seu pai dizer e chama ela os demónios. Os demónios aceitam levá-la se ela esquecer a sua humanidade e entregar a sua alma ao Labirinto. Hope passa pelo portal e a sua pele e cabelo tornam-se brancos (marca que todos os que passam tem) e encontra-se nas Blacklands.

Aqui ela encontra Wargoth, que observa os seus incontrolados e instintivos usos da magia, e concorda em ajudá-la a destruir Sagos e salvar a sua mãe.Ele recruta o feiticeiro Satasha para ensinar Hope feitiços. Wargoth também a ensina a lutar, mas todas as armas que segura derretem nas suas mãos devido á sua incontrolável energia.

Nos anos seguintes, Lady Death e os seus companheiros lutam nas Blacklands perseguindo Sagos.Enquanto o exército de não mortos de Sagos destroem e convertem as cidades das Blacklands. Eventualmente Lady Death e os seus companheiros encontram Sagos num templo em Karrion onde descobrem a mãe de Lady Death presa.
Sagos derrota-os facilmente e destrói o templo em cima deles. Lady Death sai dos escombros e é atacada por lobos matando-os a todos excepto dois que se tornam seus companheiros.

Na cidade de Asuwa Lady Death recupera a espada Deathbringer, que foi especialmente feita para ela por Satasha e pelo Silent One. Deathbringer é capaz de suportar a sua energia sem ser destruída e permite canalizar a sua magia através dela.

Lady Death banha-se no rio Fanghorn, que dá conhecimento de magia elemental para os que sobrevivem á experiência. Ela usa este poder para salvar a cidade de Satasha, e descobre que Sagos não pretende só conquistar as Blacklands, mas destruir toda a vida e tem meios para isso.





Lady Death series publicadas:

Chaos! Comics


The Reckoning 1994
Between Heaven & Hell 1995
Chaos Quarterly 1 1995
Chaos Quarterly 2 1996
Chaos Quarterly 3 1996
The Odyssey 1996
The Crucible 1996
Death Becomes Her 1997
Wicked Ways 1998
The Harrowing 1998
The Covenant 1998
Dragon Wars 1998
Retribution 1998
Inferno 1999
The Rapture 1999
Judgement War 1999
Armageddon 1999
Dark Millennium 2000
Tribulation 2000
Love Bites 2001
River of Fear 2001
Alive 2001
Last Rites 2001
Heartbreaker 2002
The Gauntlet 2002
Godess Returns 2002
Dark Alliance 2002 (final series from Chaos – incomplete)


CrossGen Comics

A Medieval Tale 2003
The Wild Hunt 2004 (incomplete)


Avatar Press

(Nota: a Avatar publicou duas versões de Lady Death, a versão clássica e a versão medieval (a versão de the all ages da “A Medieval Tale” publicada pela CrossGen)


CLASSIC LADY DEATH

Abandon All Hope (origin, pt 1) 2005
Blacklands (origin,pt2) 2006 – 2007
Cursed (origin pt 3) 20120
The Wicked (*) 2005
Death Goddess (*) 2005
Dead Rising (*) 2004
Infernal Sins (*) 2006
Lost Souls (*)(Crossover between Lady Death, War Angel Pandora,and Unholy ) 2005 – 2006

*Lady Death vs War Angel (sequel to Lost Souls)
*Lady Death vs Pandora (conclusion to Lost Souls trilogy)

Lady Death/Shi (*)
Pirate Queen (*)
Sacrilege (*)
Lady Death (ongoing series) 2010



(*) para ser lido sem ordem em especial.


MEDIEVAL LADY DEATH

Medieval Lady Death 2005
Medieval Lady Death – Death/Belladonna 2005
Medieval Lady Death : War of the Winds 2006 – 2007


_________________

Cova Abismal De Poemas Sombrios

Inominável Ser
Admin
Admin

Mensagens : 793
Data de inscrição : 19/05/2010
Idade : 40
Localização : Onde vivem os mortos

Re: Lady Death

Mensagem  Inominável Ser em Sex Maio 03, 2013 10:58 am

A tradução acima foi feita pela Elektra, a qual agradeço publicamente pelo auxilio dado.

No Brasil, ela teve algumas de suas histórias publicadas pelas editoras Mythos e Atlantis, mas não vingou por uma causa de uma falta bem grande de divulgação.

Esperemos que ela retorne.





Por wagnermm19


_________________

Cova Abismal De Poemas Sombrios

    Data/hora atual: Dom Dez 04, 2016 5:10 am